Skin Impressions
"A minha casa já não é a Branca de Neve" Helena Carvalhais, Aveiro, 40 anos
View other stories Psoríase


A Superação da Helena

Helena Carvalhais tem 40 anos e é natural de Aveiro. Foi diagnosticada com psoríase aos 14 anos. Atualmente, considera que vive numa fase de superação da doença e tem quase pele limpa.

A família é desde sempre a fonte de força e apoio: a mãe que procura constantemente informação e conhecimento, o pai que a motiva e o marido que com carinho sempre a apoia.





A História de Superação da Helena

Psoríase é uma palavra estranha, tal como é a doença! Ela condiciona a minha vida, impõe limites mas o que mais me incomoda é o olhar dos outros. Não vestir a roupa que desejava, ter de aplicar cremes durante o dia, são limitações com as quais aprendi a viver. No entanto estar numa esplanada e ouvir as pessoas em redor a tentar adivinhar de que doença misteriosa se trata, fazer de conta que não vejo os olhares sobre mim, isso sim dói! Deixei de ser eu, para ser a doença. A mulher, a mãe, a esposa que sou, deixa de existir e passo a ser a unicamente o reflexo da minha doença.

Sim, tenho psoríase e a minha pele é o espelho do meu estado de espírito, mas para além disso gosto de ir a praia, dar uma caminhada, ir a um centro comercial. Houve momentos em que me isolei, queria estar sozinha para não ter de suportar os olhares e os comentários. No entanto com o apoio da minha família, segui em frente!

A psoríase é uma doença estranha porque ela é visível e palpável, e por mais incómodas ou dolorosas que sejam as lesões cutâneas, o mais difícil é conseguir superar a doença a nível psicológico.

Participar na iniciativa “Uma Pele Para a Vida”, dando o meu testemunho. Foi uma experiencia única. Deu-me muito gosto saber que a informação a partilhar com público não iria ser unicamente com fotos de lesões cutâneas! A divulgação de imagens é importante e necessária para as pessoas identificaram a doença mas a psoríase não se resume só a pele e esta iniciativa mostrou precisamente isso!

Acredito que quantas mais pessoas conhecerem a doença e quanta mais informação houver sobre a psoríase, mas fácil se torna a vida para os doentes! A informação é a palavra-chave!

Helena Carvalhais,
Testemunho da iniciativa
“Uma Pele Para a Vida”



Apoio à sua pele

Partilhe a sua história na página de facebook PSO Portugal

Veja mais

Infográficos

Dicas para ser bem-sucedido no trabalho

Veja mais

View other stories

ferramentas